Bem vindos ao Blog do Julhão, um blog 100% Esportivo e atualizado diariamente por Júlio César.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

CAMPEONATO JOÃO ALFREDENSE DE FUTSAL

O Campeonato João Alfredense de Futsal é uma competição disputada anualmente pelas principais equipes de futsal do município. A competição é disputada desde de 1986 e o primeiro campeão foi a extinta equipe do Urubu FC que mantém uma incrível marca ainda não superada de 64 partidas invictas nos anos de 1986 à 1989. O maior campeão desta competição é o Boa Vista FC que acumula 9 títulos atualmente.

TÍTULOS
{ 09 } Boa Vista FC: 1999, 2001, 2002, 2004, 2006, 2007, 2010, 2011 e 2012;
{ 05 } Urubu FC: 1986, 1987, 1988, 1989 e 1993;
{ 04 } Real FC: 2005, 2008, 2013 e 2014;
{ 02 } Ajax: 1990 e 1991;
{ 02 } Barcelona: 1995 e 1997;
{ 01 } Santos: 1994;
{ 01 } Colo Colo: 1996;
{ 01 } Resto do Mundo: 1998;
{ 01 } Cruzeiro: 2000;
{ 01 } Juventude: 2003;
{ 01 } Borussia: 2015;
{ 01 } Novo Horizonte: 2016;

Confira todos os Campeões ano a ano:
1986 - Urubu FC
1987 - Urubu FC
1988 - Urubu FC
1989 - Urubu FC
1990 - Ajax
1991 - Ajax
1992 - Não foi disputada
1993 - Urubu FC
1994 - Santos
1995 - Barcelona
1996 - Colo Colo
1997 - Barcelona
1998 - Resto do Mundo
1999 - Boa Vista FC
2000 - Cruzeiro
2001 - Boa Vista FC
2002 - Boa Vista FC
2003 - Juventude
2004 - Boa Vista FC
2005 - Real FC
2006 - Boa Vista FC
2007 - Boa Vista FC
2008 - Real FC
2009 - Não houve competição
2010 - Boa Vista FC
2011 - Boa Vista FC
2012 - Boa Vista FC
2013 - Real FC
2014 - Real FC
2015 - Borussia
2016 - Novo Horizonte 


domingo, 11 de setembro de 2016

LIGA DOS CAMPEÕES DA ÁFRICA

A Liga dos Campeões da CAF é uma competição internacional entre clubes de futebol organizada pela Confederação Africana de Futebol (CAF). Os principais clubes do futebol da África são convidados a participar desta competição, que é a principal entre clubes de futebol do continente. O torneio teve início em 1964, com o nome de Copa Africana dos Campeões, até o ano de 1997, quando o nome do torneio foi modificado, passou a se chamar Liga dos Campeões da África, também foi feito um novo regulamento, com o objetivo de juntar as 42 equipes vencedoras dos campeonatos nacionais de clubes para que disputem o maior troféu do futebol na África. A reunião da CAF realizada no Cairo, Egito, entre 4 e 5 de Julho de 1996, tinha por objetivo realizar um campeonato inter-africano mais eficaz e interessante, com a participação dos clubes campeões. Assim começou oficialmente a Liga dos Campeões da CAF em 1997.

TÍTULOS
{ 08 } Al-Ahly (Egito): 1982, 1987, 2001, 2005, 2006, 2008, 2012 e 2013;
{ 05 } TP Mazembe (R.D. Congo): 1967, 1968, 2009, 2010 e 2015;
{ 05 } Zamalek (Egito): 1984, 1986, 1993, 1996 e 2002;
{ 03 } Hafia Conakry (Guiné): 1972, 1975 e 1977;
{ 03 } Raja Casablanca (Marrocos): 1989, 1997 e 1999;
{ 03 } Canon Yaoundé (Camarões): 1971, 1978 e 1980;
{ 02 } Asante Kotoko (Gana): 1970 e 1983;
{ 02 } Esperánce (Tunísia): 1994 e 2011;
{ 02 } JE Tizi-Ouzou / JS Kabylie (Argélia): 1981 e 1990;
{ 02 } Enyimba (Nigéria): 2003 e 2004;
{ 02 } ES Sétif (Argélia): 1988 e 2014;
{ 01 } Hearts of Oak (Gana): 2000;
{ 01 } Étoile Du Sahel (Tunísia): 2007;
{ 01 } Orlando Pirates (África do Sul): 1995;
{ 01 } Vita Club (R. D. Congo): 1973;
{ 01 } Asec Mimosas (Costa do Marfim): 1998;
{ 01 } Ismaily (Egito): 1969;
{ 01 } Wydad AC Casablanca (Marrocos): 1992;
{ 01 } MC Alger (Argélia): 1976;
{ 01 } Oryx Douala (Camarões): 1964;
{ 01 } Cara Brazzaville (Congo): 1974;
{ 01 } Stade d'Abidjan (Costa do Marfim): 1966;
{ 01 } Far Rabat (Marrocos): 1985;
{ 01 } Club Africain (Tunísia): 1991;

Confira todos os Campeões ano a ano:
1964 - Oryx Douala (Camarões)
1965 - Não houve competição
1966 - Stade d'Abidjan (Costa do Marfim)
1967 - TP Mazembe (R. D. Congo)
1968 - TP Mazembe (R. D. Congo)
1969 - Ismaily (Egito)
1970 - Asante Kotoko (Gana)
1971 - Canon Yaoudé (Camarões)
1972 - Hafia Conakry (Guiné)
1973 - Vita Club (R. D. Congo)
1974 - Cara Brazzaville (Congo)
1975 - Hafia Conakry (Guiné)
1976 - MC Alger (Argélia)
1977 - Hafia Conakry (Guiné)
1978 - Canon Yaoundé (Camarões)
1979 - Union Douala (Camarões)
1980 - Canon Yaoundé (Camarões)
1981 - JE Tizi-Ouzou (Argélia)
1982 - Al Ahly (Egito)
1983 - Asante Kotoko (Gana)
1984 - Zamalek (Egito)
1985 - Far Rabat (Marrocos)
1986 - Zamalek (Egito)
1987 - Al Ahly (Egito)
1988 - ES Sétif (Argélia)
1989 - Raja Casablanca (Marrocos)
1990 - JS Kabylie (Argélia)
1991 - Club Africain (Tunísia)
1992 - Wydad AC Casablanca (Marrocos)
1993 - Zamalek (Egito)
1994 - Espérance (Tunísia)
1995 - Orlando Pirates (África do Sul)
1996 - Zamalek (Egito)
1997 - Raja Casablanca (Marrocos)
1998 - Asec Mimosas (Costa do Marfim)
1999 - Raja Casablanca (Marrocos)
2000 - Hearts of Oak (Gana)
2001 - Al Ahly (Egito)
2002 - Zamalek (Egito)
2003 - Enyimba (Nigéria)
2004 - Enyimba (Nigéria)
2005 - Al-Ahly (Egito)
2006 - Al-Ahly (Egito)
2007 - Étoile du Dahel (Tunísia)
2008 - Al-Ahly (Egito)
2009 - TP Mazembe (R. D. Congo)
2010 - TP Mazembe (R. D. Congo)
2011 - Espérance (Tunísia)
2012 - Al Ahly (Egito)
2013 - Al Ahly (Egito)
2014 - ES Sétif (Argélia)
2015 - TP Mazembe (R. D. Congo)
2016 - 


Fonte de Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.



RECOPA DE CLUBES DA CONCACAF


A Recopa da CONCACAF ou Taça das Taças CONCACAF foi uma competição anual de futebol, disputada entre os vencedores das Copas nacionais dos países filiados à CONCACAF. Alguns dos países participantes não possuíam um campeonato nacional. A competição foi realizada entre 1991 e 1998, sendo que as três últimas edições foram abandonadas e suas respectivas finais nunca foram disputadas.
Em 2001, a Recopa da COCANCAF foi transformada na Copa Gigantes da CONCACAF.
A Copa Gigantes da CONCACAF foi uma competição internacional de futebol, organizada pela Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF) em 2001. Esta foi a única edição da competição, vencida pelo América do México.

Confira todos os Campeões da Recopa da Concacaf:
1991 - Atlético Marte (El Salvador)
1992 - Não foi disputada
1993 - Monterrey (México)
1994 - Necaxa (México)
1995 - UAG Tecos (México)
De 1996 à 1998 - Não houve campeões

Confira o Campeão da Giants Cup:
2001 - América (México)


GIANTS CUP 2001
AMÉRICA
CAMPEÃO

1º FASE
(Jogos de Ida)

04/03 - 15h00 - Transvaal (SUR) 1x1 Arnett Gardens (JAM)
Local: André Kamperveen, Paramaribo (Suriname)
Árbitro: Urvin Faneijte (Antilhas Holandesas)
Gols:  Kijansi (Transvaal) 31' do 1º tempo; Neil (Arnett Gardens) 18' do 2º tempo;

07/03 - 12h00 - Alianza (ELS) 1x5 Saprissa (CRC)
Local: Mateo Flores, Cidade da Guatemala (Guatemala)
Árbitro: Olger Mejía (Costa Rica)
Gols: Campos (Saprissa) 33' e Larrea (Alianza) 45' do 1º tempo; Fonseca (Saprissa) 13', Vieira (Saprissa) 22', Fonseca (Saprissa) 24' e Centeno (Saprissa) 42' do 2º tempo;

07/03 - 19h00 - Águila (ELS) 1x3 Municipal (GUA)
Local: Juan Francisco Barraza, San Miguel (El Salvador)
Árbitro: Roberto Moreno (Panamá)
Gols: Acevedo (Municipal) 11' do 1º tempo; Pérez (Municipal) 19', Acevedo (Municipal) 24' e Sampaio (Águila) 27' do 2º tempo;

07/03 - 20h00 - Comunicaciones (GUA) 4x0 Motagua (HON)
Local:  Ricardo Saprissa Aymá, San José (Costa Rica)
Árbitro: Hugo Castillo (Guatemala)
Gols: Torres (Comunicaciones) 15', 31', 39' e Machón (Comunicaciones) 44' do 1º tempo;

(Jogos de Volta)

08/03 - 20h00 - Saprissa (CRC) 0x0 Alianza (ELS)
Local: Ricardo Saprissa Aymá, San José (Costa Rica)
Árbitro: Marcio Carranza (Honduras)

11/03 - 15h00 - Arnett Gardens (JAM) 5x1 Transvaal (SUR)
Local: Tony Spaulding Sports Complex, Kingston (Jamaica)
Árbitro: Mervin Lee (Antigua e Barbuda)
Gols: Shedden (Arnett Gardens) 15' e Reingoud (Transvaal) 32' do 1º tempo; Neil (Arnett Gardens) 15', Shedden (Arnett Gardens) 32', Smith (Arnett Gardens) 43' e Chin-Sue (Arnett Gardens) 45' do 2º tempo;

14/03 - 19h30 - Motagua (HON) 1x1 Comunicaciones (GUA)
Local: Tiburcio Carías Andino, Tegucigalpa (Honduras)
Árbitro: Neftalí Recinos (ELS)
Gols: Machón (Comunicaciones) 15' e Caraballo (Motagua) 42' do 2º tempo;

14/03 - 20h00 - Municipal (GUA) 1x1 Águila (ELS)
Local: Mateo Flores, Cidade da Guatemala (Guatemala)
Árbitro: Vivian Rodríguez (Honduras)
Gols: Ponciano (Águila) 29' e Martins (Municipal) 34' do 2º tempo;

QUARTA DE FINAL
(Jogos de Ida)

04/04 - 15h15 - Arnett Gardens (JAM) 0x3 DC United (EUA)
Local: Tony Spaulding Sports Complex, Kingston (Jamaica)
Árbitro: Noel Egan (Antigua e Barbuda)
Gols: Arce (DC United) 39' do 1º tempo; Talley (DC United) 14' e Arce (DC United) 21' do 2º tempo;

04/04 - 20h00 - Saprissa (CRC) 2x0 Columbus Crew (EUA)
Local: Ricardo Saprissa Aymá, San José (Costa Rica)
Árbitro: Roberto Moreno (Panamá)
Gols: Rosella (Saprissa) 14' e Centeno (Saprissa) 22' do 2º tempo;

08/06 - 11h00 - Municipal (GUA) 0x1 América (MEX)
Local: Mateo Flores, Cidade da Guatemala (Guatemala)
Árbitro: William Mattus (Costa Rica)
Gol: Luna (América) 38' do 1º tempo;

25/06 - 20h00 - Comunicaciones (GUA) 3x1 Guadalajara (MEX)
Local: Mateo Flores, Cidade da Guatemala (Guatemala)
Árbitro: Argelio Sabillón (Honduras)
Gols: Valencia (Comunicaciones) 37' do 1º tempo; Del Ángel (Guadalajara) 9', Valencia (Comunicaciones) 12' e Fredy Garcia (Comunicaciones) 32' do 2º tempo;

(Jogos de Volta)

11/04 - 19h35 - Columbus Crew (EUS) 1x1 Saprissa (CRC)
Local: Columbus Crew Stadium, Columbus (Estados Unidos)
Árbitro: José Faris Martínez (Canadá)
Gols: Robinson (Saprissa) 16' e Maisonneuve (Columbus Crew) 45' do 1º tempo; 

11/04 - 20h00 - DC United (EUA) 2x1 Arnett Gardens (JAM)
Local: RFK Stadium, Washington (Estados Unidos)
Árbitro: Benito Armando Archundia (México)
Gols: Earl (Arnett Gardens) 23' Talley (DC United) 30' do 1º tempo; Lisi (DC United) 41' do 2º tempo; 

31/06 - 19h30 - América (MEX) 2x1 Municipal (GUA)
Local: Memorial Coliseum, Los Angeles (Estados Unidos)
Árbitro: Roberto Moreno (Panamá)
Gols: Toledano (América) 9', Plata (Municipal) 16' e Patiño (América) 39' do 1º tempo;

01/08 - 19h30 - Guadalajara (MEX) 1x1 Comunicaciones (GUA)
Local: Memoral Coliseum, Los Angeles (Estados Unidos)
Árbitro: Harlem Villar Polo (Aruba)
Gols: Fredy Garcia (Cominicaciones) 36' do 1º tempo; Galindo (Guadalajara) 17' do 2º tempo;

SEMIFINAIS
(Jogo único)

03/08 - 19h00 - DC United (EUA) 2x1 Comunicaciones (GUA)
Local: Memorial Coliseum, Los Angeles (Estados Unidos)
Árbitro: Noel Bynoe (Trinidade e Tobago)
Gols: Rivera (Comunicaciones) 23' e Moreno (DC United) 26' do 1º tempo; Lisi (DC United) 44' do 2º tempo;

03/08 - 21h30 - América (MEX) 2x1 Saprissa (CRC)
Local: Memorial Coliseum, Los Angeles (Estados Unidos)
Árbitro: Rodolfo Sibrian (El Salvador)
Gols: Toledano (América) 21' e Torres (Saprissa) 38' do 1º tempo; Toledano (América) 18' do 2º tempo;

DECISÃO DO 3º E 4º LUGAR

05/08 - 13h00 - Comunicaciones (GUA) 1x3 Saprissa (CRC)
Local: Memorial Coliseum, Los Angeles (Estados Unidos)
Árbitro: Roberto Moreno (Panamá)
Gols: Cordero (Saprissa) 32' e Campos (Saprissa) 40' do 1º tempo; Lacey (Saprissa) 20' e Machón (Comunicaciones) 34' do 2º tempo;

FINAL

05/08 - 15h00 - América (MEX) 2x0 DC United (EUA)
Local: Memorial Coliseum, Los Angeles (Estados Unidos)
Árbitro: Noel Bynoe (Trinidade e Tobago)
Público: 3.127
Gols: Mendoza (América) 7' e Valdez (América) 25' do 2º tempo;

AMÉRICA (México)
Pineda; Castro, González Tahuilán, Gutiérrez, Rijas, Valdez (Salinas), Martínez, Oviedo, Patiño (Moreno), Toledano (Infante) e Mendoza;
Técnico: Alfio Basile

DC UNITED (Estados Unidos)
Simpson; Vermillion (Ziadie), Nelsen, Kamler (Alegria), Pope, Namoff, Armstrong, Etcheverry, Conteh (Albright), Moreno e Quaranta;
Técnico: Thomas Rungen  

Fonte Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.